Translate

Desde a pré-história, a arte sempre teve um sentido transformador, que não precisa de justificativas. Esta para confundir, perturbar, provocar e incitar o espectador...


A finalidade do blog é a experiência da resignificação, de somar conhecimentos sobre a matéria que está sendo tratada. Especialmente aquelas que são complexas em locomover o objeto de estudo ao laboratório, por exemplo, na Astronomia. A observação junto com a experimentação, fazem parte de um método científico que trabalha de maneira complementária e permite realizar a verificação empírica dos fenômenos.

A reciclagem material não era a finalidade, mas se tornou a consequência.
Obs.: O consumo consciente ajuda a diminuir impactos negativos no meio ambiente.
Reflitam e se reeduquem!
O meio ambiente, a sua saúde física, mental e financeira agradecerão!




Visitantes

Seguidores

Educação alimentar de crianças

- A idade pré-escolar é bastante propicia para que a criança desenvolva bons hábitos alimentares; 
- A aceitação de novos alimentos deve ser sempre trabalhada como forma de tornar hábito uma alimentação variada, devendo essa ser incentivada através do trabalho educativo; 
- As atividades lúdicas para crianças são grandes aliadas ao trabalho de educação alimentar; 
- A escola é um ambiente favorável para o trabalho da educação alimentar, porém, o mesmo deve ser reforçado em casa, pela família.




Alimentação para crianças com 6 a 11 anos

A alimentação nesse período da infância ( do 6º ao 11º ano de idade) deve ter atenção especial, pois é nessa época em que são adquiridos os hábitos alimentares para o resto da vida. Os pais são os principais responsáveis pela alimentação adequada nesta idade.

Através da Pirâmide Alimentar Infantil é possível ter uma melhor noção dos alimentos que devem ser consumidos, dos alimentos que podem ser consumidos moderadamente e dos alimentos não indicados para o consumo. Resumidamente, ao analisar a Pirâmide Alimentar Infantil, pode-se concluir que os alimentos devem ser consumidos da seguinte forma:

- Comer todos os dias: Arroz, batata, aipim, pães, massas e cereais integrais. Frutas e verduras variadas, cruas e cozidas.
Tomar água várias vezes ao dia;
- Comer moderadamente: iogurte, queijo, carnes vermelhas e brancas, ovos, feijão, lentilha e grão-de-bico;
- Evitar o consumo; doces e guloseimas, refrigerantes, alimentos muito salgados e a frituras em geral (carnes fritas, pastel, risóles, cavaquinho, sonho e outras frituras).

Na nova Pirâmide Alimentar Infantil, já é possível perceber que há crianças brincando e praticando atividades físicas. Isso mostra que desde cedo é importante ser ativo, pois essas atividades previnem o excesso de peso, estimulam o cérebro a pensar e a ter mais criatividade, além de deixar o corpo forte contra várias doenças.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.